Netflix

Nessas últimas semanas de fevereiro só existe um assunto: Carnaval!

A gente já compartilhou com vocês uma seleção especial de peças da lojinha para quem vai pular e aproveitar muito o feriado (aqui). Mas nem todo mundo curte essa festa (oi, eu faço parte desse grupo!) e as vezes tudo que a gente precisa é de sossego e calmaria né? Então para quem os planos são outros tenho uma lista boa de documentários do Netflix pra ficar bem relax em casa, sem perder a inspiração!

Claro que essa minha lista de favoritos tem aqueles documentários já clássicos de moda, mulheres poderosas, um pouco de fotografia e um toque de música. Confere só!

Diana Vreeland: o olhar tem que viajar

Esse é definitivamente o meu documentário favorito. Assisti em janeiro e fiquei me perguntando como ainda não conhecia Diana Vreeland. Muito antes de Anna Wintour, era ela que dava o tom à Vogue americana transformando-a na revista de moda mais importante do mundo. Com uma criatividade ilimitada e uma visão de luxo e beleza única, Diana é simplesmente inspiradora.

Depois do documentário já comprei o livro Glamour que ela escreveu a pedido de Jacqueline Kennedy como um resumo em fotos e textos da sua idéia de glamour. Em uma palavra: assistam!

The September Issue

Ainda sobre a Vogue americana o documentário The September Issue mostra um pouquinho dos bastidores da edição mensal mais importante do ano para a revista. Lá está Anna Wintour com todo seu poder, mas a minha paixão mesmo é a Grace Coddington, diretora criativa da revista. Os editoriais sob o seu comando são memoráveis e particularmente os meus favoritos!

Tales by Light

Dessa vez o assunto não é moda, e sim fotografia! Essa série documental produzida em parceria com a Canon é dividida em diferentes episódios e mostra grandes fotógrafos explorando a natureza e diferentes culturas. Entre os episódios apenas um não me chamou tanto a atenção (o da Krystle Wright), os demais são pura inspiração e com uma fotografia impecável.

Iris Apfel, uma vida de estilo

Quando a Ari veio trabalhar comigo ela me falou entusiasmada sobre a Iris Apfel. Claro que eu conhecia essa senhora super estilosa com seus grandes óculos de grau redondos e muitos acessórios, mas até então só a conhecia por fotos. Até que encontrei o documentário no Netflix e me apaixonei pela Iris. A Ari tinha razão, que mulher fascinante! Já fiquei desejando chegar na mesma idade com todo essa energia e inspiração, além do talento e paixão por arte e moda. Puro estilo!

Documentários inspiradores no Netflix

Advanced Style

O blog homônimo famoso pelas fotografias de street style de pessoas com mais de 60 anos em NY virou documentário e o resultado é apaixonante. Assim como a Iris citada aqui em cima, as senhoras retratadas pelo fotógrafo do Advanced Style também são puro estilo e mostram que criatividade e auto estima não tem nada a ver com a idade.

True Cost

Se você já ouviu falar de consumo consciente com certeza já conhece esse documentário. E ele é mesmo tudo que você já ouviu por aí. Quem nunca se perguntou como é possível uma peça de roupa custar tão pouco em algumas fast fashion ou em lojas online? Nesse documentário a gente descobre o verdadeiro custo desses preços baixos com a exploração da mão de obra e as condições absurdas de trabalho. Impossível assistir e não repensar a nossa forma de consumo. Super recomendado!

McCullin

Mais uma vez o foco é fotografia nesse documentário que retrata o trabalho do fotógrafo de guerra Donald McCullin. Confesso que comecei a assistir sem grandes expectativas e terminei fascinada pelo trabalho dele. Manter a técnica e produzir imagens tão cruéis e impactantes, mas ainda assim belas não é tarefa fácil. É preciso correr riscos (muitos!), mas a oportunidade de dar conhecimento ao mundo e revelar o horror das guerras só é possível por causa desses profissionais.

What Happened, Miss Simone?

Quem conhece a música de Nina Simone sabe bem que a sua voz e interpretações eram únicas. Mas mais do que uma cantora e pianista incrível, o documentário me fez descobrir uma Nina forte e inspiradora. Entre o sucesso comercial e o seu ativismo contra o racismo ela não teve dúvidas ao escolher pelo segundo. Com gravações inéditas, diários e cartas o documentário mostra Nina com todos os seus dramas e muito talento. Virei ainda mais fã!

Documentários inspiradores no Netflix


Agora me contem, vocês já viram alguns ou todos dessa lista? Quem tiver alguma outra recomendação deixa aqui nos comentários que eu vou adorar colocar na minha lista para assistir no Carnaval. Eu e Petite vamos ficar juntinhas pra colocar as inspirações em dia!

'