consumismo consciente

Enquanto as lojas estão cheias de ofertas incríveis, essa época de liquidação nem sempre rende boas compras. Muitas vezes é difícil resistir ao impulso de comprar já que está tão baratinho né? Mas compra boa não é sinônimo de preço baixo, e sim de peça que faz valer cada centavinho investido (mesmo que sejam poucos!).

Então nessas horas a gente tem que pensar mil vezes antes de comprar para perceber se é só impulso ou se realmente faz sentido levar aquela peça pra casa. Tenho pensando muito nisso e antes de comprar uma peça costumo me fazer algumas perguntas que vou compartilhar com vocês:

Será que combina com você de verdade? 

As vezes a gente assimila algumas das milhares de tendências que estão sempre ao nosso redor e pensa que precisa desesperadamente daquela flatform incrível. Mas quando chega em casa com aquela compra percebe que afinal nem gosta tanto assim desse tipo de sapato. Parece que a gente se olha no espelho e tem alguma coisa errada, parece não combinar com a gente né? É difícil, mas é essencial saber identificar o que você genuinamente gosta e o que é só desejo temporário.

E com as peças que você já tem em casa, vai render quantos novos looks?

Pra valer o investimento é bacana analisar quantos looks aquela nova peça pode render e se ela é fácil de coordenar com o que você já tem. Se mentalmente você já consegue enxergar algumas possibilidades é um bom sinal!

Você usaria essa peça hoje?

Tem que colocar em prática já e não deixar no armário esperando uma ocasião especial ou algum ajuste ou outras peças para coordenar. Comprar pensando em usar algum dia ou dependendo de uma outra compra para coordenar pode acabar deixando essa peça parada dentro do seu armário pra sempre.

E daqui há alguns anos, você ainda se vê usando essa mesma peça?

Comprar menos e comprar com qualidade é isso. Reconhecer o próprio estilo e perceber que determinada peça tem vida longa e é coerente com quem você é. Claro que a gente muda e o nosso guarda roupa também, mas boas compras são aquelas que acompanham a gente por anos o que também significa que você adquiriu uma peça de qualidade que não vai se desfazer depois de lavar.

.

Essas perguntas valem para toda e qualquer compra né? Mas especialmente durante as liquidações é bacana prestar ainda mais atenção já que as tentações são grandes!

As fotos de hoje são looks que montei ontem à convite da Manhattan by Kellen enquanto mostrava minhas escolhas na liquidação da loja. Com descontos de 40 e 50% encontrei muitas peças tentadoras e algumas até mostrei no Stories lá no Instagram.

Para colocar em prática tudo que contei aqui nesse post para vocês respirei fundo e olhei peça por peça na loja. Tirei dos cabides somente aquelas que realmente combinavam comigo (primeira pergunta). Depois experimentei tudo e imaginei esses looks coordenados com as minhas peças, inclusive sapatos, bolsas, acessórios (pergunta dois!).

Percebi que algumas peças precisavam de ajustes e por sorte a Manhattan já tem costureira que pode fazer tudo isso antes mesmo de você levar a peça pra casa. Assim a gente não corre o risco de acabar deixando isso pra depois e o depois nunca chega né? (pergunta três) Nesse ponto devo dizer que ter uma costureira de confiança é essencial e a minha costureira atualmente trabalha exatamente na Manhattan, ela é a fada madrinha que transforma peças e faz tudo ficar perfeito para mim (muito obrigada Norinha!).

Por fim, entre todos esses 5 looks que vocês verão aqui nesse post pensei em qual deles eu ainda estaria usando nos próximos anos, coordenando de novas maneiras e inventando novas formas de usar (pergunta quatro). E foi assim que consegui chegar a uma escolha entre tantas opções de forma consciente e criativa para o guarda roupa!

Comprar menos, mas comprar bem

Gostaram das dicas para comprar menos, mas comprar bem durante as liquidações? Tentem colocar em prática e depois me contem se funcionou.

E vocês conseguem imaginar qual foi o meu look escolhido?

Comprar menos, mas comprar bem

'