black

Classic outfit

Por mais que misture estampas e cores invariavelmente sempre acabo retornando ao clássico. No meu caso, o look clássico pode ser resumido como esse de hoje.

A camisa branca em sobreposição é algo usual por aqui. Dessa vez usei uma regata peludinha da As Marias e completei com um laço de bolinhas. A saia de pied de poule é uma velha conhecida nos meus looks. Já rendeu inúmeras produções por aqui e tem fôlego para continuar por muitos anos, clássicos são assim né?

Usei um cardigan também da As Marias para completar o look, a peça tem nos punhos e na frente o mesmo tecido da regata preta. Adorei o comprimento desse cardigan, o ideal para usar com saias assim. Repara que ele termina logo abaixo da saia.

Nos acessórios mais peças clássicas: mini bag de bolinhas e sapato de verniz. A bolsa tem o tamanho que gosto e duas opções de alça. Dessa vez optei por usa-la na mão, bem ladylike. O sapato de verniz da Carel é um dos meus favoritos, adoro as tirinhas no peito do pé. Gosto tanto do modelo que tenho também em vermelho e azulzinho, mas o mais usado é mesmo o preto, amo!

Usei a meia preta para deixar o look com mais cara de outono e inverno. E o cabelinho solto e cheio de volume é novidade por aqui né? Estou aprendendo a lidar melhor com ele e com o babyliss. Gostaram?

cardigan: As Marias / blusa: As marias / saia: Chicwish / óculos: zerouv / bolsa: Dafiti / sapato: Carel

Classic outfit

black lace romper

Embora eu ame misturar estampas e pensar em diferentes combinações de cores, as vezes basta um look todo preto para me fazer feliz. Claro que no meu caso tem que ter algum detalhezinho diferente que deixe o look monocromático mais interessante né?

Esse macaquinho da Pop Up Store não precisa de muito para fazer uma produção lindona. A manga inteirinha em renda é simplesmente linda. Devo dizer que também gosto muito do decote V e da parte de baixo mais soltinha, com um detalhe plissado.

Como o foco vai todo para as mangas nem cogitei usar um casaquinho ou blazer, e olha que eu amo usar uma segunda ou terceira peça. Dessa vez me contentei em completar com acessórios e em escolhas monocromáticas para deixar o macaquinho brilhar sozinho.

Usei dois colares da Pandora, um deles um pouco mais longo, e adorei mistura-los. E tudo monocromático nos demais acessórios com óculos da ZeroUV, mini bag e o sapatinho cool de verniz da Tutu. Se eu já amava esse sapato em rosinha, essa versão em preto ganhou e já é minha nova favorita. Tão clássico e confortável!

macaquinho: Pop Up Store / jóias: Pandora / óculos: ZeroUV / sapato: Tutu Sapatilhas

black lace romper

Boyish glam

Não é novidade que eu adoro um look boyish, em especial laços e gravatinhas sempre tiveram um destaque nos meus looks. Mais do que isso, entre as minhas peças favoritas está o blazer. Tenho muitos e adoro o toque de sofisticação quase imediato que essa peça confere aos looks. Tanto em uma proposta mais casual com shorts + blazer quanto em um clássico “terninho”, não tem erro.

Em looks assim gosto de brincar com elementos femininos como contraste e dessa vez escolhi o dourado para deixar a produção ainda mais chic, um boyish glam. A regatinha da Shoulder com tecido plissado foi a minha escolha para fazer essa sobreposição com a camisa branca. O dourado dela é bem discretinho e tem um detalhe em renda nas laterais, dois pontos super positivos da peça.

O blazer tem um tecido super levinho que faz dele uma ótima peça para a troca de estações. E o comprimento é perfeito, um pouco abaixo do quadril, o que ajuda a dar aquela alongada visualmente.

Usei com uma calça jeans toda preta de cintura alta da Gap, uma das minhas favoritas e um clássico né?

Nos acessórios trouxe um pouco mais do dourado que aparece nos detalhes da bolsinha da Santa Lolla, no óculos e no sapato com corretinhas da Esdra. Que tal, gostaram dessa inspiração boyish glam?

blazer: Shoulder / regata: Shoulder / camisa: Shoulder / calça: Gap / bolsa: Santa Lolla / sapato: Esdra

Boyish glam

polka dots tullepolka dots tulle

Esse look é uma pequena mistura de tudo que eu amo e pode ser explicado em algumas palavras: preto e branco + tule + bolinhas!

E quando essas coisas vem juntas em uma única peça como essa saia de tule fofíssima com detalhes de bolinhas? É puro amor né? A saia midi é da DressLink e além do tule com bolinhas ainda tem mais uma camada de telinha pra dar aquele volume legal. Ela tinha um pequeno laço de cetim na cintura, mas eu tirei e achei que ficou melhor assim. Então completei com um cinto preto de tachinhas, aqueles pequenos detalhes que fazem diferença.

Pra deixar o look com uma cara mais casual usei uma tshirt branca da M.Officer, eu diria que é uma peça básica com um charme a mais. Adoro a frase simplicité… menos é sempre mais!

Ainda nas escolhas casuais escolhi a sapatilha fofíssima da Tutu, um clássico que combina perfeitamente com essa produção em black & white. E já que falei dos acessórios, como não citar essa bolsa que já traz o mix de estampas entre listras e bolinhas pronto? Acho que temos uma nova favorita por aqui!

tshirt: M.Officer / saia: DressLink / bolsa: Rosegal / óculos: ZeroUV / sapatilha: Tutu

Tags: ,

Depois de buscar muitas novas inspirações voltei ao clássico pretinho básico! Quer dizer, nem tão básico assim, né? Afinal eu adoro focar nos detalhes, texturas e uma silhueta bem girly.

Esse vestido da Motel Rocks é um perfeito little black dress. O decote é lindo, a transparência deixa tudo mais interessante com os desenhos florais localizados e para completar ainda tem uma saia mais soltinha que dá aquele movimento perfeito.

Com uma peça tão linda assim nem dá pra colocar um casaquinho ou qualquer outra peça que esconda esses detalhes. Então caprichei mesmo nos acessórios para deixar o look exatamente como eu queria.

Um toque de preto e branco é sempre bem vindo, então escolhi a bolsa listradinha da Zaful e o óculos de gatinho da Asos, dois clássicos. Mas pra sair do meu usual completei com a meia arrastão e o sapato da Carel e me surpreendi com a mistura de texturas da meia e do sapato de verniz. Adorei tanto que pretendo repetir em breve!

Ah, e repararam no meu penteado recentemente? Com esse calor do verão tem sido difícil deixar o cabelo solto, então apostei no coque bem alto. Melhor escolha pra deixar o look fresquinho e super chic. Estou gostando dessa mudança e já até comprei uns acessórios para incrementar o penteado. Em breve mostro para vocês!

vestido: Motel Rocks / bolsa: Zaful / óculos: Asos / bracelete: Pandora / colar: Pandora / sapato: Carel

Tags: , ,

2017 começou do jeitinho que eu queria: em paz e cheio de novas inspirações!

Passei as minhas férias em casa e foi tão bom quanto se eu tivesse viajado para lugares incríveis. Claro que eu não recusaria uma viagem para algum outro país com um clima um pouco mais ameno, mas já que os nossos planos são outros e o dindim não permite, que tal aproveitar os dias em casa mesmo?

Confesso que não sou exatamente fã de praia e verão. Além disso, eu curto de verdade ficar em casa, vivendo no meu ritmo. Estava mesmo precisando desconectar um pouquinho da internet, descobrir outras fontes de inspiração e me maravilhar com filmes, músicas, séries e… livros! É deles que vou falar aqui nesse post, mas prometo muito em breve compartilhar também alguns filmes e documentários incríveis que fizeram meus olhos brilhar.

Voltando aos livros: no final do ano passado percebi que embora gostasse de ler eram pouquíssimos os livros de moda nas minhas estantes. Entre as minhas recentes aquisições estavam livros sobre pintores, nazismo e histórias de cidades, mas quase nada sobre moda. Entre as poucas exceções estava o livro da Oficina de Estilo, Nasty Gal, A Parisiense e um ou outro gato pingado.

Até então grande parte da minha inspiração vinha da internet, as fontes são inesgotáveis e tem muita coisa boa por aqui, mas já que eu queria desconectar um pouquinho achei que os livros seriam uma boa opção. Então aí vai a minha lista de livros para começar 2017:

 


Love Style Life – Garance Doré

Glamour – Diana Vreeland

História da Beleza – Umberto Eco

Coco Chanel: The Illustrated World of a Fashion Icon – Megan Hess

Rainha da Moda: Como Maria Antonieta Se Vestiu Para a Revolução  – Caroline Weber

Cupcakes and Cashmere: A Guide for Defining Your Style, Reinventing Your Space, and Entertaining with Ease – Emily Schuman


No momento estou lendo esse livro fofo da australiana Megan Hess, a história ilustrada da vida de Coco Chanel. É um livro leve e delicioso, as ilustrações dela são lindíssimas, delicadas e deixam tudo absolutamente encantador. Ainda não terminei de ler e comecei simultaneamente com o Love Style Life da Garance Doré, uma das minhas grandes inspirações da internet e estava ansiosa para ler esse livro. Pelo pouco que já vi não deixa nada a dever ao blog e ao trabalho incrível dela, mas prometo contar mais assim que terminar ambos os livros. Alguém aí já leu um desses dois?


Até o momento terminei de ler apenas o Rainha da Moda da Caroline Weber e devo dizer que confirmou todo o meu entusiasmo com os livros de moda. Comprei por acaso sem ter lido qualquer recomendação, pura e simplesmente por ter gostado pela capa com a Maria Antonieta ao vê-la na livraria. Como uma apaixonada pela França, por moda e pela famosa rainha francesa eu sabia que esse seria um bom começo.

E foi simplesmente maravilhoso! A mais famosa rainha da França definitivamente sabia o poder que as suas escolhas na hora de se vestir tinham e causou tanto escândalo quanto admiração. Mais do que mera futilidade, a moda era para Maria Antonieta uma forma de se expressar e se impor em meio às tradições rígidas da corte francesa.

Sendo austríaca e ainda muito jovem, a então delfina da França causou o primeiro grande burburinho ao se recusar a usar o desconfortável espartilho de barbatana de baleia obrigatório de acordo com as tradições francesas. Essa violação da etiqueta da corte dos Bourbon levou toda França a se queixar e a deprecia-la como uma estrangeira desleixada e desrespeitosa. Numa corte em que a aparência era realmente tudo, a jovem delfina aprendeu rapidamente que todos os olhos estavam fixos nela e precisou recuar e adotar novamente o espartilho para evitar uma crise política. Sim, uma aparentemente simples peça de roupa era capaz de causar uma crise política!

Entre as minhas partes prediletas estão a adoção do traje de montaria masculino, outra rebelião indumentária de Maria Antonieta. Ela abandonou as saias longas e rodadas e passou a usar calças de montaria apertadas para montar a sela com uma perna de cada lado do cavalo – como somente os homens montavam até então. Usar calças sem anáguas e saias por cima e montar dessa maneira definitivamente não era a norma naquela altura. Ao fazer isso, Maria Antonieta definitivamente se inspirava no Rei Sol, Luís XIV, que tornou a pose equestre como sinônimo de supremacia e autoridade régia masculina em um momento em que ela precisava se impor já que o casamento com Luís XVI ainda não tinha se consumado e gerado os tão esperados filhos.

Outro momento marcante na moda de Maria Antonieta foi a adoção do pouf um penteado monumental que consistia numa armação feita de arame, tecido, gaze, crina de cavalo, cabelos falsos e os cabelos naturais da própria mulher eriçados alto muito acima da testa e temáticos, eram simplesmente incríveis! Exatamente aquele penteado típico que até hoje é associado à famosa rainha em filmes, desfiles e pinturas, sabe?

Os criadores do penteado, o cabeleireiro Léonard e a marchande de modes Rose Bertin foram o braço direito de Maria Antonieta na criação de grande parte das “tendências” lançadas por ela e depois largamente copiadas pelas mulheres na França. Nessa parte devo dizer que é incrível ver o trabalho de Bertin, reconhecida como a primeira designer de moda a se tornar uma celebridade e a tornar a moda e alta costura referências não só na França mas em toda a Europa. Nunca tinha ouvido falar nela, mas quero muito pesquisar mais sobre a sua loja Le Grand Mogol que ficava situada na atualmente famosa Rue Saint-Honoré em Paris.

Acho que acabei me empolgando demais! (;

Esses são apenas alguns exemplos retratados no livro das escolhas de moda de Maria Antonieta que com seus gastos impressionantes e centenas de novos vestidos encomendados anualmente revolucionaram a corte francesa e inflamaram os ânimos da população em um momento de crise que desencadearia a Revolução Francesa. Definitivamente o livro está entre os meus favoritos e eu recomendaria a todos vocês!

livros de moda

Ah, não poderia deixar de citar o meu grude em qualquer coisa que eu faça! Eu e Petite estamos sempre juntinhas, então sempre que estou lendo ela está do meu lado tirando uma soneca ou pedindo carinho.

E, claro, alguns detalhes do meu look all black. Acabei fotografando para o look du jour porque esse vestido tem detalhes lindos que mereciam uns cliques a mais. Em breve posto por aqui!

VESTIDO: MOTEL ROCKS / COLAR: PANDORA / ANÉIS: PANDORA / ÓCULOS: ZEROUV / SAPATO: CAREL

livros de moda black

FashionCoolture - como usar cardigan longo look all black outfit long cardigan

Look 1 – tshirt: Dafiti \ saia: Mango \ cardigan: Religion \ bolsa: Macadâmia Look 2 – jaqueta: Boda Skins \ cardigan: Religion \ óculos: ZeroUV \ sapato: Esdra Look 3 – vestido: Shoulder \ cardigan: Religion \ bolsa: Santa Lolla \ bota: Farfetch

Com esse friozinho de outono os cardigans são sempre uma boa opção para um look quentinho e confortável. Recentemente eles apareceram em uma versão extra longa cheia de estilo e essa tem sido a minha escolha para as mais diversas produções.

Esse comprimento mais longo pode dar um pouco de medo na hora de montar os looks, mas montei 3 produções para mostrar que não tem segredo, o cardigan compridinho fica bem com tudo, saias, calças ou vestidos!

Entre as minhas escolhas usei peças um pouco mais justas por baixo do cardigan, já que ele já acrescenta um certo volume e fica ainda mais lindo assim soltinho e cheio de movimento. Por isso a saia mais justa, a calça skinny e o vestido mais sequinho.

Também dei atenção especial ao comprimento das peças, nesse caso prefiro usar algo curtinho como a mini saia para fazer um contraste grande com o cardigan, ou usar algo no mesmo comprimento longo, como a calça que termina na mesma altura do cardigan.

E por fim, optei por usar o cardigan extra longo com uma jaqueta de couro por cima, uma boa opção para dar um ar novo ao clássico look calça + jaqueta!

.

Aqui embaixo tem mais alguns looks antigos aqui do blog usando o mesmo cardigan longo em outras duas propostas com saias. E ainda tem mais 2 produções com um cardigan um pouco mais curto, mas que pode ser uma boa opção para quem ainda tem medo de experimentar a versão extra longa, olha só:

FashionCoolture - como usar cardigan longo

Para ver mais: Look 1 | Look 2 | Look 3 | Look 4

Quem gostou dessa nova versão do cardigan extra longo e quiser experimentar já existem várias opções à venda nas lojas, inclusive fast fashion, como a Renner, além é claro das lojas online. Deixei algumas dicas por aqui!

.

Lá no Pinterest do FashionCoolture tem uma pasta cheia de inspirações bacanas e muitos looks com cardigans longos, é só clicar!


FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (1) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (2) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (3) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (4) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (5) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (6) FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (7)

As vezes um look não precisa de muito para funcionar né? Poucas e boas peças podem carregar toda a produção, como é o caso do look du jour. Escolhi um macaquinho lindo da Astars, all black, mas cheio de detalhes e pequenas surpresas que deixam tudo mais interessante. Ele tem uma manga maravilhosa, mais larguinha e com um detalhe em renda. Além disso o tecido é levinho e bem gostoso.

Já que o macaquinho era o ponto de destaque dessa produção escolhi acessórios com dourado, para o clássico mix black & gold. Completei com o cintinho, a bolsa da Seanite e o sapato de correntinhas da Esdra (amo!).

macaquinho: Astars \ bolsa: Seanite \ sapato: Esdra

FashionCoolture - 03.05.2016 look du jour black lace romper (8)

Tags: , ,
'