PT | EN

Preppy Outfit

Esse look reúne várias coisas que adoro em uma produção bem preppy. Começando é claro pela sobreposição de camisa e sweater. É um truque tão simples, mas funciona super bem. A clássica camisa branca com a golinha aparecendo não tem erro. Mas se você quiser incrementar essa idéia, que tal usar uma camisa estampada e um sweater colorido?

Foi isso que eu fiz! A camisa de bolinhas já dá um charme extra à sobreposição – e é uma das minhas estampas favoritas. Além disso ela tem o detalhe do laço que deixa tudo ainda mais fofo. Usei com a blusa nesse tom de ferrugem, que é uma cor que adoro no outono e foge um pouco do clássico p&b ou de um sweater cinza por exemplo. Ambas as peças são da Makenji.

Outro detalhe bacana para prestar atenção com essas sobreposições: deixar o punho da camisa aparecendo. É algo pequeno, mas deixa o look mais interessante e harmônico.

Já que a inspiração era mesmo preppy, mergulhei de vez nesse universo com a saia plissada da Shoulder. Também usei o meu sapatinho de verniz da Carel com a meia arrastão.

A bolsa de bolinhas deixa o look mais divertido e traz o foco para a estampa que aparece também na camisa. Por fim, o meu óculos de gatinho e meu usual coque!

camisa: Makenji / sweater: Makenji / saia: Shoulder / bolsa: Dafiti / sapato: Carel

Preppy Outfit

Nesse último final de semana fomos até Gramado, na serra gaúcha, para conferir as novidades da Cravo & Canela no Salão Internacional do Couro e do Calçado. A feira começou na segunda então tivemos parte do sábado e todo o domingo para aproveitar o clima gostoso da cidade.

Nessa época os hotéis e pousadas costumam ficar lotados e durante as minhas buscas encontrei uma opção recém inaugurada um pouco fora do centro da cidade, a Pousada La Vista. Como a previsão era de chuva no domingo, escolhi um lugar bonito e aconchegante para passarmos o dia. Além, é claro, de já imaginar algumas centenas de fotos por lá. Quem aí também escolhe hotel pensando nas fotos?!

Ficamos em uma das cabanas e aproveitamos cada segundo da nossa estadia. As fotos ficaram tão lindas que resolvi compartilhar alguns cliques por aqui!

tshirt: Shoulder / meias: Renner

Aproveitei o cenário para fotografar a minha nova Tutu, essa sapatilha linda inteiramente inspirada no universo das bailarinas. Tão linda e delicada que me fez sentir uma bailarina de verdade (meu sonho ter toda a leveza e a postura delas!).

sapatilha: Tutu / jóias: Pandora / calça: Gap

A cabana em que ficamos tem dois andares e todos os ambientes são tão charmosos! Adorei essa janelinha do andar superior que tem duas camas de solteiro e essa mesa com uma vista deliciosa para um café da tarde.

E tem look mais a cara do outono do que esse? Amo essa combinação de branco e camel, acho elegante e uma ótima opção para fugir dos looks mais escuros. O sweater de listras já apareceu por aqui em vários looks e a bota da Cravo & Canela foi a escolha ideal para os nossos dias em Gramado.

bota: Cravo & Canela / calça: GAP / sweater: GAP

Outro look que usei por lá naquela cartela de cores: branco e tons terrosos. Dessa vez além do camel, que aparece no casaco de lã quentinho da Makenji, também usei o echarpe de oncinha e o oxford com tons mais escuros.

casaco: Makenji / oxford: Cravo & Canela / chapéu: Chapeus25

pousada em Gramado

No domingo, depois de uma manhã chuvosa e com muita neblina, o final da tarde nos surpreendeu com um pôr do sol simplesmente lindo. A cabana ainda tem uma varandinha deliciosa para curtir o fim do dia e a luz estava incrível.

Tão bom poder fugir um pouquinho da rotina e encontrar inspiração em novos lugares. No fim, acabamos trabalhando durante todo o dia para registrar um pouquinho da beleza do lugar, mas valeu a pena cada clique que fizemos por lá. Revendo as fotos já dá para sentir saudade do bolinho de chuva com essa vista maravilhosa!

pousada em Gramadopousada em Gramado

Pousada La Vista

vestido de veludo

Para quem sempre gostou de veludo essa recente tendência é uma boa oportunidade para encontrar umas peças diferentes. Eu adoro o tecido, acho incrível esse efeito que faz com a luz e a textura é uma delícia né?

Esse vestido da Shoulder é um desses achados que merece um lugarzinho no closet para ser usado muitas vezes e por um bom tempo. Adorei que a marca investiu no tecido em cores diferentes e esse tom de verde (é verde? azul? não sei definir) é simplesmente lindo.

Mas confesso que a minha primeira reação ao ter uma peça com uma cor diferente é a dúvida sobre como combinar. Acho que muita gente também deixa de comprar por ter esse medo né?

Para não ter erro apostei no básico: tons neutros! O blazer cinza também da Shoulder tem uma modelagem mais boyfriend e o comprimento ideal para usar com mini saias e vestidos. Nos acessórios tudo neutro também com bosa cinza de veludinho e bota over knee nude.

Resolvi caprichar nos acessórios para deixar esse look um pouco mais pesado e rocker, por isso usei o cinto de metal e um mix de colares. Um look diferente, mas gostei tanto de sair do meu usual nas cores e acessórios.

VESTIDO: SHOULDER / BLAZER: SHOULDER / ÓCULOS: ZEROUV / CINTO: SHOULDER / BOTA: DAFITI

vestido de veludo

camiseta de veludo

Essa última coleção da Shoulder tá entre as minhas favoritas. Encontrei tanta coisa linda na loja que foi até difícil escolher. Entre as minhas peças prediletas estão as nesse tom de rosa como a saia de renda e esse outro tom de verde que aparece nas blusas. Alguém sabe o nome dessa cor?

Descobri que não tinha absolutamente nada nesse tom, em verde mesmo são poucas as minhas peças, mas essa tonalidade em especial parece tão chic, né? Eu já estava namorando essa regatinha de veludo na loja online e quando vi pessoalmente na loja de POA tive certeza que tinha que ser minha. Gostei especialmente desses aplicações florais, pois a mistura de cores com o rosa ficou lindo e inusitado.

Acho que eu nunca usaria verde com rosa, mas graças à inspiração dessa regatinha me joguei sem medo nesse mix. Usei com a saia de renda que já mostrei em outro look por aqui, lembra? Aqui!

Como a blusa tem um tom mais escuro usei um mix de colares para trazer um ponto de brilho, usei um bracelete da Pandora como chocker e um colar mais longo.

camiseta: Shoulder / blusa: Shoulder / saia: Shoulder / jóias: Pandora / bolsa: Dafiti / sapato: Asos

camiseta de veludo

Tags: ,

bota over the knee

Esse look poderia ser meu uniforme durante o outono, reúne vários detalhes clássicos que eu amo e é o tipo de composição que não me canso de usar.

Começando por essa estampa né? Fiquei em dúvida se era pied de poule ou um xadrez bem delicadinho, mas de qualquer forma adoro o desenho atemporal. Por sem em preto e branco não tem erro e pode ser usado em inúmeros looks. Dessa vez usei o blazer e a saia juntos, tipo conjuntinho mesmo, mas acho que ambas as peças ainda vão render muitas outras composições. Ah, essas duas peças são da Pop Up Store e foi mais um daqueles casos em que me peguei namorando as peças depois de ver a Fabiana Justus usando.  Amo ver os looks no dia a dia, facilita muito as nossas escolhas!

Confesso que achei esse look usado como conjunto muito a cara do filme Patricinha de Beverly Hills e me joguei nessa inspiração, completando o look com a camisa branca de laço.

Os acessórios também ajudam a compor de acordo com a inspiração, o chapéu boater preto e as botas over the knee dão o toque final. E a bolsa de bolinhas é aquele detalhe que amo, um mix de estampas discreto e divertido. Que tal?

blazer: Pop Up Store / saia: Pop Up Store / bolsa: Dafiti / óculos: ZeroUV / bota: Suzana Santos

bota over the knee

velvet tshirt

O look de hoje é todo delicado, desde a escolha das cores até os tecidos e texturas. A inspiração veio toda dessa tshirt de veludo da Shoulder. Adorei a modelagem mais soltinha, bem no estilo tshirt mesmo. E a cor é simplesmente linda, oscilando entre um rosinha e champagne. Nem preciso dizer que já entrou pra minha lista de peças preferidas né?

Apostei logo em um look nas cores da tshirt. Usei uma saia de tule, super levinha e feminina. Adoro esse contraste entre o tecido mais encorpado da blusa e a leveza da saia. O blazer também rosinha tem um brilho bem discreto nos fios do tecido e uma modelagem maxi, perfeito para usar com mini saias, também da Shoulder.

Já no sapato e na bolsa apostei em um tom nude, mais para o champagne. O sapato com detalhe lace up é da Shein e a bolsa estruturada é da Macadâmia. Por fim, as jóias da Pandora! Usei o bracelete de couro como chocker, definitivamente um dos meus truques de styling prediletos com as jóias da marca. E caprichei no mix de braceletes e anéis.

blazer: Shoulder / blusa: Shoulder / jóias: Pandora / óculos: Zerouv / bolsa: Macadamia / sapato: Shein

velvet tshirt

Tags: , ,

flat lay

Na semana passada contei para vocês do meu novo projeto só com flat lays no Instagram né? O @coolflatlays continua a todo vapor e tem postagens novas quase todos os dias por lá. Se você ainda não tá seguindo, fica de olho porque algumas das dicas que vou compartilhar por aqui hoje mostrei em tempo real no stories e tenho respondido dúvidas por direct.

Mas dando continuidade ao primeiro post com 6 dicas para uma foto de flat lay perfeita resolvi compartilhar mais alguns truques e detalhes sobre esse tipo de fotografia. Vamos lá:


1. Quadradinho

Eu uso as fotos de flat lay basicamente só no Instagram (@coolflatlays!). Então para mim as fotos ideais são no formato quadrado para que o feed fique mais bonito e harmônico. Acho que a maioria também é assim né?

Como contei naquele post com dicas gerais de fotografia, faço todas as fotos com a Canon 6D, inclusive as de flat lay. Mas nem sempre eu consigo dimensionar a foto quadradinha corretamente só olhando antes de fotografar, então eu uso a câmera do celular no formato quadrado para pré-visualizar a minha composição.

Assim consigo garantir que a foto vai ficar quadradinha, sem a necessidade de cortar um pedaço ou sobrar muita margem. Para ter certeza de que ficou exatamente como imaginei, ainda passo a foto da câmera para o celular através do wi-fi e já verifico em algum programa de edição se o enquadramento ficou perfeito. Nada pior do que desmontar toda a composição e depois perceber que o formato não ficou quadrado!

2. Paciência

Pra mim o flat lay é uma arte minuciosa e é preciso um bocado de paciência para chegar no melhor resultado. Um dia desses vou contar quantas vezes subo e desço da escada para alinhar algum objeto ou melhorar o enquadramento ou simplesmente mudar tudo e começar do zero.

Muitas vezes apenas olhando não consigo identificar se a harmonia geral da foto está boa, então preciso fotografar e analisar na máquina se o resultado está como imaginei. E sendo bem sincera, raramente fica perfeito de primeira.

Olha só aqui embaixo alguns registros que fiz enquanto montava um flat lay. Comecei com uma ideia, depois resolvi mudar tudo e não satisfeita mudei tudo novamente. É assim na maioria das vezes, olha só:

Tudo isso pra chegar nesse resultado aqui ó:

flat lay

3. Objetos no lugar certo

Essa dica eu mostrei 2 vezes no stories do @cooflatlays enquanto fotografava. Posicionar corretamente os objetos é essencial para ter uma foto perfeita, mas nem sempre isso é uma tarefa fácil quando você tem peças arredondadas ou inclinadas.

Esse é o caso da maioria dos óculos! Quando você o coloca sobre a mesa, geralmente o óculos fica inclinado, caidinho, por conta do formato. Para garantir que ele fique posicionado para cima e saia bem na foto eu uso uma cola azul, tipo uma massinha, que é reaproveitável, cola em tudo sem estragar e pode ser usada no tamanho e quantidade que você quiser.

A minha é essa da foto abaixo, a Blu Tack. Já tenho há cerca de 10 anos e continua perfeita e sendo muito útil. Não encontrei essa marca para vender no Brasil, mas parece que a Pritt tem uma versão bem parecida, alguém já testou? Enfim, recomendo muito essa massinha que salva nossa vida na hora de posicionar os objetos.

Aqui embaixo dei um exemplo com óculos, que eu uso bastante. Repara que na primeira foto o óculos está caidinho e na segunda, já com a cola, ele está virado para cima. Nesse caso é um detalhe, mas também pode ser usado para manter um lápis, por exemplo, que não fica parado na posição correta.

Enfim, as possibilidades são muitas e essa cola pode facilitar e muito o posicionamento dos objetos.

4. Inspiração

Nas fotos de flat lay a inspiração pode vir de qualquer lugar! Eu por exemplo tenho adorado buscar outras fontes além da moda. Claro que roupas e acessórios continuam aparecendo por ali, mas tenho me divertido experimentando fotografar com comidinhas, flores… Então atualmente encontro muita inspiração indo ao supermercado (sim!). As vezes vejo um chocolate diferente ou uma balinha dessas coloridas e já imagino uma foto.

Outro lugar inusitado que pode render novas fotos? Lojas tipo 1,99 e afins, sabe? Tem mil itens e entre velas, papelaria e flores artificiais você pode encontrar novas ideias. Eu preferia ter usado flores de verdade, mas como não encontrei na floricultura aqui perto de casa o que eu havia imaginado, recorri a uma dessas lojinhas para fazer a foto aqui embaixo. O buquê de flores não era exatamente bonito, então recortei os galhos e achei que funcionou super bem.

Ou seja, não é preciso gastar fortunas ou ter coisas incríveis para fazer flat lays, a inspiração pode estar nos lugares mais simples!

flat lay

5. Perspectiva

Já falei muitas vezes que o ideal é sempre fotografar bem de cima a composição de flat lay. Geralmente uso uma escada para conseguir uma boa distância e para que eu possa me posicionar exatamente em cima dos objetos.

As vezes por mais que você faça várias fotos e tente garantir esse posicionamento ideal, a foto pode não ter a perspectiva correta e isso fica visível especialmente em objetos retos. Mas alguns erros pequenos de perspectiva podem ser facilmente corrigidos durante a edição das fotos.

Como mencionei no post sobre fotografia em geral, uso bastante o aplicativo Snapseed para editar as fotos no celular mesmo. E nesse app dá para corrigir as fotos de flat lay que tenham esse errinho de perspectiva.

É só clicar em: Transformar > Perspectiva horizontal e/ou vertical (para mudar as opções é só manter o dedo pressionado na tela e arrastar para baixo)

Aqui embaixo um exemplo de antes e depois. Não editei as bordas das fotos para que vocês pudessem visualizar melhor a correção de perspectiva. Repara que na foto da esquerda a margem superior da foto e as listras estão inclinadas para baixo. Os objetos à esquerda parecem mais próximos da lente né?

Usei a ferramente de perspectiva horizontal do Snapseed e corrigi esse erro. Olha como as listras e a margem da foto parecem mais retas e os objetos na mesma distância da câmera.


Que tal essas novas dicas? Tentei colocar algumas coisas bem práticas que quem já está arriscando alguns flat lays pode experimentar e ver a diferença! Conforme eu for fotografando lá no @coolflatlays e surgirem novas dúvidas de vocês compartilho mais truques e curiosidades por aqui!


Mais sobre flat lays:

A minha mãe é super coruja e fica orgulhosa com cada pequena conquista minha. Ela sempre me apoiou mesmo nos meus sonhos mais malucos, tipo quando me formei em direito e resolvi criar um blog! Ela acompanha o meu trabalho de pertinho, reposta todas as fotos, comenta com as amigas e vibra junto comigo ao me ver realizada e feliz.

Mas depois que a gente cresce somos nós que temos orgulho das nossas mães né? Impossível não reconhecer todo amor e dedicação durante tantos anos. A vida dá muitas voltas, as vezes por caminhos que a gente nem imagina, mas a minha mãe sempre esteve ao meu lado – sempre! E eu tenho muita sorte em poder compartilhar todos os os momentos importantes da minha vida com ela.

Então certamente esse é um dos posts mais especiais que já fiz. Durante todos esses anos de blog nunca tinha feito um post de Dia das Mães, mas aproveitei o convite da Pandora para compartilhar com vocês um pouquinho do orgulho e admiração que tenho por minha mãe, além de ter feitos fotos lindas de momentos pra guardar na memória!

dia das mães

Dá pra perceber que o gosto por moda é de família né? Sei que ela adora passear no shopping e ver as novidades então começamos o nosso dia com uma voltinha pelas lojas. Claro que antes planejamos o nosso look juntas e foi tão bacana compartilhar momentos simples assim.

Para variar usei esse tom rosinha que eu adoro em uma saia midi e sweater cinza quentinho e confortável. Já a minha mãe usou um blazer que eu amo, também rosinha e com brilhinhos, tão lindo! Essa é uma das minhas peças prediletas no guarda roupas dela.

Depois uma paradinha em um café, com direito a docinhos e muita conversa. E fotografar tudo isso juntas foi tão divertido! De certa forma ainda consegui mostrar para ela um pouquinho de como funciona meu trabalho e como fazemos nossas fotos. Acho que ela curtiu e tudo isso nos deixou ainda mais próximas.

meu look – sweater: Makenji / saia: Forever21 / jóias: pANDORA / sapato: Divalesi

dia das mães

Nesse domingo quero revelar algumas dessas fotos para presenteá-la junto com algumas jóias da Pandora. Uma forma de agradecer com muito amor por todos esses anos e também por esse dia tão especial juntas.

Gostei tanto do resultado que fica aqui a minha sugestão de presente para o dia das mães: jóias e fotos! São duas opções que vão durar para sempre e serão guardadas com muito amor, jóias feitas à mão e com muita dedicação pela  Pandora e fotos de momentos bacanas e que vocês possam curtir juntas. Que tal?

dia das mães


Muito obrigada ao Nações Shopping e ao Damas e Doces pela disponibilidade e autorização para as fotos!

'